sexta-feira, 18 de abril de 2008

BRÁS GARCIA DE MASCARENHAS

Amanhã vou ter uma das experiências pessoais mais interessantes dos últimos anos.
Vou participar num encontro de antigos alunos do antigo Colégio Brás Garcia de Mascarenhas em Oliveira do Hospital, que frequentei do 1º ao 5º ano do Liceu em finais dos anos 60.
Foram anos felizes.
Vou rever colegas, homens e mulheres porque o Colégio era misto o que os amigos da Cidade não compreendem muito bem porque nos liceus não havia mistura, que não vejo há quase 40 anos.
Para não falar de professores e professoras que não faço ideia se estão vivos.
Desejo um bom fim-de semana a todos, com uma musiquinha desse tempo feliz e despreocupado:



Da mesma cantora que aposto poucos recordam, (Esther Ofarim) aqui fica outra belíssima interpretação que faz uma boa ligação aos nossos dias, esperando que me perdoem a deriva romântica e nostálgica.

1 comentário:

Isabel F. Rosendo disse...

Lembro muito bem a cantora Esther Ofarim e a canção "Cinderela, Rochefeller", alegre e descontraída, ilustra muito bem como éramos nos anos 60.
A canção "A bird in a wire" é a variante romântica e nostálgica que falta para fazer a caracterização perfeita daqueles distantes anos.
Gostei muito de relembrar.